MANUFATURA RÁPIDA PARA STOP MOTION POR UMA ABORDAGEM DA CULTURA MAKER

Autores

  • Álvaro Cacciatori Morona
  • Eliete Auxiliadora Assunção Ourives
  • Amalia Kusiak Martinez
  • Mariana Moreira Carvalho
  • Luís Fernando Gonçalves de Figueiredo

DOI:

https://doi.org/10.21726/pl.v6i2.2210

Palavras-chave:

stop motion; manufatura rápida; cultura maker.

Resumo

A criação de tecnologias está presente nas relações produtivas do Design, e convém ao ser humano a decisão de como utilizá-las. Produções caseiras e manuais hoje em dia podem ser otimizadas e facilitadas pelo uso de novas ferramentas, sem perder o seu caráter artesanal. Essa nova relação foi sintetizada pelo chamado Movimento Maker, que nasceu como um hobby e, hoje, pode servir como geração de renda individual ou até de empresas de diversas áreas. A cultura maker e o stop motion têm uma relação intrínseca, pois compartilham uma abordagem centrada na criação, colaboração e inovação. Assim, o objetivo deste artigo é apresentar o uso da cultura maker como uma forma de manufatura rápida, para facilitar a confecção de cenários, personagens e esqueletos de movimentação utilizados na produção de stop motion. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, exploratória e descritiva e que apresenta as contribuições da cultura maker para produções animadas em stop motion.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-12-18

Como Citar

ÁLVARO CACCIATORI MORONA; ELIETE AUXILIADORA ASSUNÇÃO OURIVES; AMALIA KUSIAK MARTINEZ; MARIANA MOREIRA CARVALHO; LUÍS FERNANDO GONÇALVES DE FIGUEIREDO. MANUFATURA RÁPIDA PARA STOP MOTION POR UMA ABORDAGEM DA CULTURA MAKER. Plural Design, Joinville, SC, Brazil, v. 6, n. 2, p. 18–28, 2023. DOI: 10.21726/pl.v6i2.2210. Disponível em: https://periodicos.univille.br/PL/article/view/2210. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos