Protocolo para cimentação de pinos de fibra de vidro imediatamente após a obturação do canal radicular: revisão da literatura

Autores

  • Alana Akemi Okamura
  • Julia Daniel

DOI:

https://doi.org/10.21726/rsbo.v21i1.2332

Palavras-chave:

pino de fibra de vidro; obturação; cimento endodôntico; cimento resinoso; cimentação; irrigação.

Resumo

Os pinos de fibra de vidro são indicados na reconstrução de dentes com extensa fratura coronária e que necessitam de tratamento endodôntico. A sequência clínica ainda hoje é um grande desafio, principalmente quando a cimentação do pino é feita imediatamente após o término do tratamento endodôntico, em que vários fatores podem influenciar na adesividade do pino de fibra de vidro ao canal radicular, como a interferência da solução irrigadora, o resíduo do cimento endodôntico usado na obturação do canal e a escolha do cimento resinoso. A previsibilidade do sucesso depende de um planejamento adequado tanto para evitar a contaminação do canal radicular como para conseguir uma adequada adesão entre as interfaces envolvidas. Objetivo: Elaborar um protocolo para cimentação de pinos de fibra de vidro, imediatamente após a obturação do canal radicular, por meio de uma revisão de literatura, a fim de ser de grande valia para o uso na clínica odontológica. Resultados: O protocolo elaborado aqui em questão se baseia no uso do cimento resinoso dual convencional e autoadesivo. Conclusão: Embora a cimentação do pino de fibra de vidro imediatamente após a obturação do canal radicular requeira cuidado em virtude da cura do cimento endodôntico, seguindo os critérios pré-cimentação e a escolha do cimento obturador, a chance de insucesso diminui potencialmente.

Downloads

Publicado

2024-05-27

Como Citar

Alana Akemi Okamura, & Julia Daniel. (2024). Protocolo para cimentação de pinos de fibra de vidro imediatamente após a obturação do canal radicular: revisão da literatura. RSBO, 21(1), 213–4. https://doi.org/10.21726/rsbo.v21i1.2332

Edição

Seção

Short Communication