Carcinoma espinocelular de boca em pacientes sem fatores de risco: relato de dois casos

Autores

  • Fabíola da Rosa Luz
  • Stephanie Von Stein Cubas Warnavin
  • Mariana Lena Sass
  • Natália Schepanski
  • Juliana Lucena Schussel
  • Heliton Gustavo de Lima
  • Melissa Rodrigues de Araujo

DOI:

https://doi.org/10.21726/rsbo.v21i1.2327

Palavras-chave:

câncer da boca; neoplasia bucal; tumores da cavidade bucal.

Resumo

O carcinoma espinocelular (CEC) é a neoplasia maligna de boca que ocorre com menor frequência entre mulheres e jovens; os fatores de risco são imprescindíveis ao desenvolvimento da doença. Indivíduos do sexo masculino, adultos e idosos, etilistas e tabagistas são a população mais frequentemente acometida. Objetivo: Relatar dois casos de CEC em pacientes sem exposição aos hábitos nocivos ou fatores de risco para o desenvolvimento de neoplasias malignas. Relato dos casos: Pacientes jovens, mulheres, sem hábitos nocivos ou doenças preexistentes, apresentaram lesões ulceradas com bordas elevadas, áreas esbranquiçadas e indolor. As lesões foram avaliadas por meio de biópsia incisional. As análises microscópicas levaram ao diagnóstico de CEC. Conclusão: O CEC deve ser considerado em indivíduos que não representam os perfis epidemiológicos frequentes. A avaliação por intermédio de biópsia incisional permitirá diagnóstico e conduta terapêutica mais precoces.

Downloads

Publicado

2024-05-27

Como Citar

Fabíola da Rosa Luz, Stephanie Von Stein Cubas Warnavin, Mariana Lena Sass, Natália Schepanski, Juliana Lucena Schussel, Heliton Gustavo de Lima, & Melissa Rodrigues de Araujo. (2024). Carcinoma espinocelular de boca em pacientes sem fatores de risco: relato de dois casos. RSBO, 21(1), 186–92. https://doi.org/10.21726/rsbo.v21i1.2327

Edição

Seção

Artigos de Relato de Caso