Programa de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (VIGIAGUA): monitoramento do parâmetro fluoreto em um município da Região Sul do Brasil

Autores

  • Hevelyn Xavier Luciano
  • Guilherme Gomes Pereira Lopes
  • Giovana Daniela Pecharki
  • Marilisa Carneiro Leão Gabardo
  • Rafael Gomes Ditterich

DOI:

https://doi.org/10.21726/rsbo.v21i1.2312

Palavras-chave:

fluoretação; abastecimento de água; vigilância em saúde.

Resumo

Analisar os resultados das amostras do Programa de Vigilância da Qualidade da Água para o Consumo Humano (VIGIAGUA) para o parâmetro fluoreto, na água de abastecimento público na cidade de Araucária, PR, Brasil. Material e métodos: Os resultados das 95 amostras do ano de 2018 foram disponibilizados pela Vigilância Ambiental do estado do Paraná, as quais foram classificadas por dois critérios: I [4] e II [10]. Após a classificação, realizou-se a análise descritiva, com expressão de valores mínimo, máximo, média e desvio-padrão para cada mês. Resultados: A maior concentração de fluoreto encontrada foi de 1,57 mg F/L; a menor, 0 mg F/L. Dentre os critérios adotados para classificação, encontraram-se níveis dentro da normalidade em 27,4% das amostras para o critério I e, para o critério II, 41% das amostras possuíam benefício máximo na prevenção a cárie, com risco baixo a fluorose dentária. Conclusão: Destaca-se a importância do monitoramento da concentração de fluoreto na água de abastecimento público no referido município, para que seu benefício de proteção a cárie se mantenha constante e haja um risco baixo de fluorose.

Downloads

Publicado

2024-05-27

Como Citar

Hevelyn Xavier Luciano, Guilherme Gomes Pereira Lopes, Giovana Daniela Pecharki, Marilisa Carneiro Leão Gabardo, & Rafael Gomes Ditterich. (2024). Programa de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (VIGIAGUA): monitoramento do parâmetro fluoreto em um município da Região Sul do Brasil. RSBO, 21(1), 63–70. https://doi.org/10.21726/rsbo.v21i1.2312

Edição

Seção

Artigos Originais de Pesquisa