Ações para conservação do cágado-rajado (Phrynops williamsi) em Santa Catarina, Brasil

Autores

  • Mario Arthur Favretto

Resumo

O cágado-rajado (Phrynops williamsi) é uma espécie vulnerável à extinção em nível global, dependente de ambientes lóticos (i.e. corredeiras) em rios, usados para forrageio e termorregulação. Em Santa Catarina, a espécie ocorre em áreas do planalto, oeste e sul do estado. A espécie sofre com ameaças originárias de alterações em cursos d’água, tais como pesca, poluição, desmatamento e construção de hidrelétricas. Nesse contexto, foram aqui analisadas as informações constantes em avaliações ambientais de bacias hidrográficas já realizadas em Santa Catarina, procurando reunir todas as ameaças e orientações de conservação relacionadas a P. williamsi. Identificaram-se diversas recomendações para tentar incrementar a preservação dessa espécie e mitigar os efeitos da edificação de centrais hidrelétricas, porém há poucas descrições de como essas ações poderiam ser realizadas. Assim, no presente trabalho, também são propostas formas de implantação prática dessas condutas, como: instalação de barreiras na parte superior e pontos críticos de barramentos; instalação de escadas para cágados em hidrelétricas; adaptação de rampas frontais usando estruturas já existentes nos barramentos para conectividade populacional; conservação de matas ciliares formando corredores ecológicos para transposição de barramentos; conservação de trechos livres de rios com corredeiras; redução de poluição aquática e trabalhos de educação ambiental.

Downloads

Publicado

2024-03-22

Como Citar

Mario Arthur Favretto. (2024). Ações para conservação do cágado-rajado (Phrynops williamsi) em Santa Catarina, Brasil. Acta Biológica Catarinense, 11(1), 19–30. Recuperado de https://periodicos.univille.br/ABC/article/view/2267