Capacidade da dissolução tecidual do hipoclorito de sódio em diferentes concentrações Capacity of sodium hypochlorite tissue dissolution in different concentrations

Fábio de Almeida Gomes, Natália de Santiago Santiago, Fernanda Magalhães de Sena, Rafaela de Albuquerque Dias, Claudio Maniglia Ferreira, Victória Gomes Alves Rocha, Fernanda Geraldo Pappen

Abstract


Introdução: O hipoclorito de sódio é uma das principais substâncias químicas auxiliares utilizadas no tratamento endodôntico pelo seu potencial antimicrobiano de amplo espectro e sua capacidade de dissolver matéria orgânica. Contudo essa capacidade pode sofrer variações de acordo com as concentrações da solução e a temperatura em que ela se encontra. Objetivo: Realizar um estudo comparativo e descritivo acerca da capacidade de dissolução tecidual do hipoclorito de sódio (NaOCl) em diferentes concentrações e temperaturas em amostras de tecido muscular bovino. Material e métodos: Amostras de tecido muscular bovino, com peso e forma determinados, foram imersas em 3 ml de hipoclorito de sódio, divididas em grupos experimentais de acordo com a temperatura ambiente – 25°C ou sob aquecimento de 40ºC – e subdivididas em grupos de acordo com a concentração da solução: 0,5%, 1% e 2,5% e 5%. As amostras foram avaliadas visualmente e a cada minuto, durante 5 minutos, devidamente pesadas em uma balança de precisão. Em seguida, observou-se até sua total dissolução. Resultados: Houve diferenças significantes entre a capacidade de dissolução tecidual do hipoclorito de sódio entre as diferentes concentrações testadas e a efetividade em relação ao aquecimento das soluções. Conclusão: Com o aumento das concentrações testadas verificou-se maior capacidade de dissolução das amostras de tecido muscular bovino. O aumento da temperatura das soluções mostrou maior efetividade na dissolução das amostras de tecido nas concentrações de 2,5% e 5%.



DOI: http://dx.doi.org/10.21726/rsbo.v15i2.676

Refbacks

  • There are currently no refbacks.