Covid-19: atuação dos residentes de Odontologia na atenção primária à saúde em um município da região metropolitana de Curitiba, PR

  • Aydée Dupret Leite Martins
  • Heverton Siqueira Silva
  • Eduardo dos Santos Rossi
  • Maria Anita de Queiroz Arlant
  • Ana Gabriela Lobo da Costa
  • Lauren Bueno de Araujo
  • Luana Portugal Vasovicz Ada
  • Lucas Brunatti Oliveira
  • Eduardo Pizzatto
  • Marilene da Cruz Magalhães Buffon
Palavras-chave: coronavírus; saúde bucal; saúde pública

Resumo

O novo coronavírus (Sars-CoV-2) possui alta transmissibilidade, dada principalmente por gotículas e aerossóis, gerando assim alto risco para a equipe de saúde bucal. Para o enfrentamento desse quadro, é necessário destacar a importância da atenção primária à saúde, bem como a atuação na linha de frente dos residentes de Odontologia do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família (PRMSF) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e as ações desenvolvidas no município de Piraquara (PR), haja vista o cenário atual. Objetivo: O objetivo geral deste estudo foi descrever a experiência dos residentes em Odontologia do PRMSF da UFPR em relação às mudanças na atenção à saúde e às práticas desenvolvidas ante um problema de saúde de caráter global. Relato de experiência: O atendimento odontológico oferece alto risco de contaminação pelo Sars-CoV-2, porque a maioria dos procedimentos realizados gera aerossóis. Em razão da pandemia, novos protocolos de atendimento passaram a ser empregados, modificando a rotina de trabalho dos residentes de Odontologia do PRMSF, que passaram a realizar diversas atividades em diferentes setores da saúde. Conclusão: A atuação dos residentes na comunidade no âmbito da promoção da saúde e educação em saúde se mostrou de grande importância. A experiência adquirida no serviço de saúde com todas as situações vivenciadas durante a pandemia contribuiu para uma formação mais ampla e humanizada.

Publicado
2021-12-01
Seção
Artigos de Relato de Caso