Tratamento cirúrgico de anquilose de articulação temporomandibular após trauma: relato de caso

  • Cristovão Marcondes de Castro Rodrigues
  • Daniela Meneses Santos
  • Mirlany Mendes Maciel Oliveira
  • Matheus Silvestre Municci
  • Claudia Jordão Silva
  • Marcelo Caetano Parreira Silva
Palavras-chave: anquilose; côndilo mandibular; traumatismos faciais.

Resumo

A anquilose de articulação temporomandibular (ATM) é uma alteração anatômica e funcional, podendo ter como principais agentes etiológicos o trauma ou a infecção. Seu tratamento representa um desafio no que diz respeito ao sucesso e à prevenção de recidiva. Atualmente, existem diversas modalidades de tratamento cujos objetivos são proporcionar maior qualidade de vida ao paciente e reestabelecer a funcionalidade do sistema estomatognático. Objetivo: Relatar o caso clínico de anquilose de ATM em decorrência de uma fratura de ossos da face. Relato de caso: Paciente do gênero masculino, 37 anos, vítima de queda da própria altura evoluindo com fratura bilateral de côndilo alta. Optou-se pelo tratamento conservador e por fratura de sínfise. Paciente não colaborou com o tratamento e retornou ao serviço sete anos após o trauma inicial apresentando diminuição de abertura bucal e dificuldade de higienização bucal, mastigação e socialização. Ao exame tomográfico, foi confirmado o diagnóstico de anquilose bilateral de ATM, e decidiu-se pela remoção cirúrgica do bloco anquilótico. Conclusão: A remoção cirúrgica da massa anquilótica da ATM representa um grande desafio em virtude da complexidade do tratamento, sendo de extrema importância um acompanhamento multiprofissional para a obtenção de sucesso no tratamento a longo prazo.

Publicado
2021-06-28
Seção
Artigos de Relato de Caso