Canção popular e pós-modernidade: A outra voz na letra da canção “Alma nova, de Zeca Baleiro

Elaine Lima Viana

Resumo


Este estudo propõe-se a debater a poesia na pós-modernidade, com base nos conceitos de Octavio Paz em A outra voz, além de fazer uma interpretação de sua expressão mais nova – a canção popular – como forma de identidade do sujeito que fala no tempo atual. Pretende-se aqui discutir a letra da canção “Alma nova, de Zeca Baleiro (2005), compositor maranhense de renome cuja temática se volta para as questões amorosas e a crítica à sociedade de consumo na contemporaneidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21726/rccult.v1i1.99

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internaciona