Traje mortuário: permanências e dissidências da vestimenta da morte na cultura popular brasileira

Gadiego Cieser de Araújo, Rita Morais de Andrade

Resumo


Os trajes mortuários podem ser considerados parte do conjunto material
e intangível do patrimônio cultural. Estão ligados às mentalidades sociais e podem
ser entendidos como ritos de passagem tão importantes quanto os que celebram a
vida. Este artigo discute como tal fenômeno tem se manifestado no tempo e destaca alguns sentidos que a cultura popular brasileira atribui a essa prática no passado oitocentista e no presente.

 


Palavras-chave


trajes mortuários; cultura popular; morte.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21726/rccult.v8i3.810

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional