Expansão escolar na periferia de São Paulo: o caso de Ermelino Matarazzo

Adriana Santiago Rosa Dantas, Graziela Serroni Perosa

Resumo


Este artigo tem como objetivo examinar a expansão dos estabelecimentos escolares do distrito de Ermelino Matarazzo, localizado na periferia de São Paulo, com base na relação entre dimensão, densidade e heterogeneidade social de uma cultura urbana. Para tanto, analisa-se o crescimento geográfico e populacional e como a influência desses fatores se manifestou na instalação de escolas públicas e privadas, explicitando as diferenças internas do distrito.


Palavras-chave


expansão escolar; periferia; cultura urbana; Ermelino Matarazzo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21726/rccult.v1i1.64

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional