Reflexões sobre o sudoeste paulista por intermédio da folia de reis de Florínea (SP)

Rafaela Sales Goulart

Resumo


Por intermédio do estudo das memórias da folia de reis de Florínea (SP), entre os anos de 2012 e 2016, constatou-se que as principais mudanças estabelecidas na celebração popular (êxodo da festa do campo à cidade, estabelecimento de local específico para o festejo, institucionalização do grupo de folia de reis) se deram em confluência a desdobramentos socioeconômicos específicos registrados no lugar em que ela se insere. Nesse sentido, o artigo pretende recuperar aspectos dessa memória histórica que se estende ao longo do século XX e início do XXI, utilizando análises das memórias sociais acerca da festa como uma lupa para reflexões sobre a região sudoeste paulista.


Palavras-chave


Folia de reis de Florínea; memória; história regional

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21726/rccult.v7i1.494

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internaciona