Bairro Histórico de Colônia do Sacramento, Uruguai: 20 anos de Patrimônio Cultural da Humanidade para qual humanidade?

Eduardo Alexandre Louzado, Verlaine Fátima Wazenkeski, Heloisa Helena Fernandes Gonçalves da Costa

Resumo


A mais antiga cidade uruguaia – Colônia do Sacramento, que é capital do departamento de Colônia – foi fundada em 1680 e mantém na atualidade, em seu denominado Bairro Histórico, um considerável conjunto de monumentos históricos, sendo alguns datados do século XVII. Em decorrência dessa preservação, a Unesco declarou em 1995 o Bairro Histórico como patrimônio cultural da humanidade. Considerando a importância cada vez maior que tem se dado ao patrimônio cultural como um dos vetores de mudança urbana, busca-se (re)pensar, com base no jubilato de 20 anos do tombamento do Bairro Histórico de Colônia do Sacramento/Uruguai como patrimônio cultural da humanidade, os possíveis impactos desse período na significativa salvaguarda dos patrimônios culturais locais, com base na reflexão de Costa (2012, p. 92): “onde se encontra a alma da cidade, aquela espécie de memória que não deveria desaparecer e pela qual vale a pena criar instrumentos de tombamento? Como proteger tantos tipos diferentes de patrimônios?”.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21726/rccult.v5i1.223

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internaciona