APLICAÇÃO DO RGT PARA A AVALIAÇÃO DE PRODUTOS: VIABILIDADE, PROPOSIÇÕES E DESDOBRAMENTOS

  • André Leonardo Demaison
  • Esliany Reis Cantanhede
  • Isaelma Giullia Soares
  • Luiz Adriel Oliveira
  • Rodolfo Nucci Porsani
  • Luis Carlos Paschoarelli
Palavras-chave: RGT; análise de produto; design.

Resumo

Este estudo teve como objetivo analisar o desempenho da aplicação do método RGT (Repertory Grid Technique), proposto por Kelly (1955), para a avaliação de produtos na área do design, trazendo observações e propondo possíveis “melhorias” para a viabilidade da sua aplicação. Fundamentado na teoria dos construtos pessoais, o RGT permite aos participantes que utilizem suas próprias dimensões avaliativas espontaneamente, com sua própria linguagem, de acordo com a importância que dão a cada uma delas. Para a análise, observou-se a aplicação do método, em um teste laboratorial com escovas de dentes, a 11 estudantes de diferentes áreas de conhecimento, sendo seis deles do curso de Design da Universidade Federal do Maranhão. Após a análise dos pontos observados durante a aplicação e discussões a respeito destes, foi possível destacar pontos positivos e negativos acerca do teste e do método aplicado, assim como sugerir mudanças e desdobramentos do estudo.

Publicado
2021-01-29
Seção
Artigos