Desempenho de agricultores familiares na comercialização de produtos orgânicos e agroecológicos no estado do Pará

Daniel Silva do Carmo Santos, Raissa Rafaella Silva dos Santos, Maria Izabel Vieira Botelho, Alessandra Lomelino Campos Lopes, Marco Aurélio Oliveira Santos, Gustavo Bastos Braga

Resumo


Objetivou-se analisar o desempenho e as estratégias de comercialização de agricultores orgânicos e/ou agroecológicos do estado do Pará. Foram feitas visitas às feiras de produtos orgânicos e/ou agroecológicos da região metropolitana de Belém, com aplicação de questionário a 28 agricultores familiares. Utilizaram-se estatística descritiva, testes t de Student e não paramétrico de Friedman, por meio do software Public Social Private Partnership (PSPP). Constatou-se que 68% dos agricultores se sentem satisfeitos e 32% muito satisfeitos com a atividade e comercialização; a logística do campo até as feiras é a principal dificuldade encontrada. Para a expansão de cadeias curtas de agricultura de base ecológica são necessários mais apoios institucionais e intervenções governamentais, a fim de estimular essas diversas tendências.

Palavras-chave


agroecologia; cadeias curtas; inovação e mercado.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21726/abc.v4i2.394

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Acta Biológica Catarinense, ISSN 2358-3363, Joinville/SC, Brasil.Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.